A corrida é uma das atividades físicas mais completas e que traz inúmeros benefícios para a saúde, como fortalecimento muscular, melhora dos sintomas de estresse e ainda ajuda a queimar alguns quilinhos. Porém, será que você sabe como começar a correr da maneira correta? Para facilitar sua vida, o personal Fellipe Franco elaborou um guia prático com 10 passos para te ajudar!

1º passo – Faça um teste ergométrico: este exame consiste em levar o indivíduo ao seu limite para que os sinais vitais sejam monitorados durante o esforço ( podendo ser realizado na esteira ou bicicleta ergométrica dependendo do laboratório ou condição física), com isso pode-se ter uma referência sobre o nível de condicionamento físico atual, além de no caso de alguma alteração poder orientar sobre as zonas de frequência cardíaca ideais para correr com segurança.

2º passo – Foco no seus objetivos: trace seus objetivos antes de procurar um profissional, pesquise sobre as distâncias e provas que te interessam, isso já vai te dar um bom panorama de um todo sobre corrida e dar um “norte” para quando você for falar com um treinador poder comunicar onde você quer chegar.

3º passo – Faça uma avaliação física: a avaliação física se difere do teste ergométrico por ser ter como objetivo pegar as medidas de circunferência, dobras cutâneas e peso. Essas medidas são importantes para acompanhamento do treinador para ver se há evolução ou não, normalmente ao entrar em uma assessoria de corrida/ ou personal esse é o primeiro passo, e nesta avaliação normalmente é feito o teste de pisada.

4º passoProcure um profissional: essa vai ser a pessoa que vai te guiar pelos caminhos da corrida ,vai te falar qual tênis é ideal para você, vai te motivar, vai responder seus questionamentos, vai montar seu treino de acordo com seu nível, ouvir você “chorar” após os treinos e comemorar depois das provas. A escolha de um bom treinador/ou boa assessoria de corrida é essencial para que não se perca neste caminho já que o primeiro contato com o mundo da corrida gera a dúvida: ” Porque essa gente doida acorda tão cedo para ir correr?”

5º passo – Comece/mantenha a musculação ou funcional: o treino resistido é muito importante para que você possa ganhar força muscular, previna lesões, potencialize a queima de gordura e consiga realizar treinos de potência e agilidade.

6º passo – Compre um tênis: não, aquele tênis velho que você tem há 3 anos e que “parece” novo não pode ser seu tênis de corrida. Primeiro, depois do teste pisada, você aprenderá qual é o tênis que se ajusta mais à você, no caso entre pronada, supinada ou neutro. Existem variações entre leve pronado, severo supinado, mas depende do grau da pisada e isso se for algo muito acentuado será visto pelo treinador. Existem vários tipos de tênis com mais ou menos amortecimento,  tecnologia e preço. O que realmente importa é ver se atende a sua pisada.

7º passo – Compre lubrificante em gel/ anti-atrito: essa é uma dica valiosa para muitos corredores de primeira viagem, o lubrificante em gel é ideal para passar nas regiões que sofrem atrito durante a corrida, que são as axilas, virilha, coxas e locais que possuem atrito com o vestuário e evitam assaduras ou esfoliações.

8º passo Alimentação: muita gente no primeiro treino acaba passando mal por não saber o que comer e acaba ficando em jejum ou não come direito, isso costuma assustar algumas pessoas que falam que o treino foi muito forte e por isso passou mal, mas na maioria das vezes é por conta da alimentação. Se for treinar de manhã coma algo que te dê energia porém que não seja muito pesado, por exemplo um sanduíche de queijo branco com pão de forma integral com suco de laranja. Se for treinar a tarde ou à noite tente não ingerir comidas gordurosas antes do treino e caso não tenha comido nada durante 1hora e meia ou 2horas, faça um lanche com meia hora antes do treino.

9º passoAche seu grupo: se você é uma pessoa que sempre praticou atividade sozinho e gosta de fazer tudo sozinho, passe para o próximo item, mas já vou logo dizendo, a corrida mesmo sendo um esporte individual em sua maioria (existem provas de revezamento), inspira formar grupos seja por condicionamento ou por afinidade e ao ter um compromisso de correr com alguém, suas faltas aos treinos diminuem.

10º passo – Compre um relógio com GPS: se você quer começar já levando a sério seus treinos e buscando a performance, o ideal é que tenha um relógio com GPS para ver as distâncias certas e tenha um feedback completo do seu treino. Ou então compre um relógio com cronometro para pelo menos conseguir ver seus tempos durante o treino.

Gympass tem parceria com diversas assessorias de corrida em todo Brasil. Além da corrida, você pode praticar mais de 500 modalidades, como musculação, natação e yoga, pagando uma única mensalidade. Treine do seu jeito, quando e onde quiser! #Aescolhaesua

Sobre o autor: Fellipe Franco é personal trainer na academia Competition e coach de escadaria, você pode conhecer um pouco mais sobre o trabalho dele no instagram @fefranco_personal  .