Você faz todos os exercícios certinhos, não falta aos treinos e mesmo assim não está chegando aos resultado que queria? Se isso já aconteceu ou está acontecendo com você, muito provavelmente a culpa é do que você come depois do treino. Por isso, convidamos a nutricionista Camila Laranja para te explicar os 5 erros mais comuns na alimentação pós treino!

1 – Comer em excesso para “repor” as energias

É muito comum ouvir as pessoas dizerem que chegam do treino com muita fome. Um dos erros é exagerar na alimentação neste período tendo a falsa sensação de que “já que eu gastei, posso comer um pouco mais sem ganhar peso”. Isso é um mito, pois dependendo do seu objetivo o exagero na alimentação pós treino pode levar ao acúmulo de gordura e comprometer o seu resultado estético.

2 – Comer muitos carboidratos

A necessidade do carboidrato no pós treino é algo bem discutido e é um fator muito individual, mas saiba que o excesso dele também pode te prejudicar! Além disso a fome pós treino, citada no item acima pode ser exacerbada com um consumo excessivo de carboidratos, principalmente os refinados. Isso porque o carboidrato refinado pode ativar em nosso organismo a vontade de comer mais carboidratos ou doces e açúcares.

3 – Não comer a quantidade certa de proteínas

Mesmo que o seu objetivo não seja hipertrofia (aumento de massa muscular) é interessante pensar que um dos benefícios da atividade física é o aumento e fortalecimento do músculo. Até pra quem treina apenas por saúde ou para manter o peso, é interessante pensar em preservar/aumentar massa muscular. E isso só é possível se você consumir quantidades adequadas de proteínas na sua alimentação pós treino. Vale lembrar que a proteína após o treino é necessária mas o consumo dela ao longo do dia, é de igual importância. De nada adianta se alimentar bem no pré e pós treino e não manter a oferta proteica nos outros lanches e refeições.

4 – Exagerar na suplementação

VEJA TAMBÉM  Passo a passo: como descobrir o tipo de esporte perfeito para o seu perfil

Seja na suplementação de carboidratos, proteínas ou vitaminas, é sempre importante ter um equilíbrio e avaliar a sua real necessidade. Se você quer hipertrofia e exagera na suplementação de carboidratos ou proteínas, pode acumular aquela gordurinha indesejada. Se você quer apenas emagrecer, talvez consiga somente na alimentação atingir uma quantidade adequada de proteínas! O suplemento proteico nesse caso também pode te fazer ganhar gordura.

Já em relação à vitaminas e minerais, dependendo da modalidade de treino e da dose da vitamina oferecida, nem sempre o pós treino é um horário adequado para essa ingestão. Além disso consumir suplementos como polivitamínicos prontos sem avaliar em seus exames as carências e excessos pode te levar a problemas de saúde. É muito importante que eles sejam indicados por um profissional, médico ou nutricionista e que sejam formulados individualmente, de acordo com o seu organismo.

5 – Consumir bebidas alcoólicas

Isso pode piorar a sua composição corporal, atrapalhar na perda de gordura e ainda diminuir o rendimento e condicionamento! O álcool pode atuar aumentando níveis de cortisol e reduzindo os níveis de testosterona. Com o cortisol elevado, favorecemos a perda muscular e com baixos níveis de testosterona prejudicamos o ganho de músculos. Além disso, ao elevar glicemia e insulina a bebida alcoólica pode prejudicar  a “queima” de gordura que acontece após o seu treino.

Sobre a autora: Camila Laranja é nutricionista funcional e atende na Vila Mariana, conheça um pouco mais sobre o trabalho dela e confira várias dicas aqui . Para maiores informações: camila_laranja@hotmail.com.

Com o Gympass você pode treinar em mais de 12.000 academias em todo Brasil e fazer várias modalidades, pagando uma única mensalidade. Treine do seu jeito, como e onde quiser!