Hoje em dia é muito comum a prática de dietas malucas e restritivas para emagrecer, o que pode ser perigoso e prejudicial à saúde. Por isso, convidamos a nutri Camila Laranja para nos mostrar que é possível emagrecer com saúde através de dietas balanceadas, confira as 12 dicas:

1. Prefira alimento naturais

Prefira os alimentos naturais em seu formato original. Se for optar por alimentos
industrializados, se atente às informações nutricionais no rótulo. Tenha certeza que está
adquirindo um alimento saudável.

2. Faça trocas inteligentes

Troque sucos (mesmo os naturais) por água. Coma fruta no lugar do suco. Troque a tapioca por mandioca cozida. A mandioca tem fibras e é o produto inicial. A tapioca é o um subproduto da mandioca, e tem uma carga glicêmica muito alta. Troque o chocolate normal por um chocolate 70% cacau que seja adoçado com adoçantes naturais. Troque barrinhas por castanhas. As barrinhas geralmente são ricas em açúcar, gordura vegetal e xaropes. Troque óleos vegetais refinados (milho, canola, soja, girassol) por Azeite extra virgem ou óleo de coco. Ambos podem ser usados também para cozinhar. 

3. Esqueça o comer “de 3 em 3 horas”

Não há comprovação científica de que comer com frequencia e sem fome acelera o metabolismo nem traz benefícios à saúde.

Experimente comer somente quando você tem fome, veja como se sente e como seu corpo reage. Pra algumas pessoas isso pode ser muito benéfico, principalmente pra quem nunca se autoanalisou e reparou no funcionamento do seu organismo. Observe suas emoções, se está ansioso, estressado ou cansado. Repare se você come sem fome, somente por hábito, rotina ou por algum sintoma emocional. Lembre que nosso corpo funciona perfeitamente, ele dá sinais quando precisamos comer e quando devemos parar.

4. Aumente o consumo de vegetais no almoço e jantar

E o mais importante, coma comida! Não troque sua refeição equilibrada por laches, pães, salgados nem frutas. Dê preferência à uma porção de proteínas, bastante legumes e verduras e uma porção de carboidrato complexo (caso não faça restrição de carboidratos).

5. Evite açúcar

Açúcar orgânico, mascavo, demerara, açúcar de coco, melado de cana, açúcar refinado, mel… Evite qualquer tipo! Com certeza, ao comparar um açúcar refinado com um açúcar mascavo ou o melado de cana, a qualidade de nutrientes desses últimos é muito melhor. Porém, quando pensamos em emagrecimento /compulsão por doces ou carboidratos, é muito importante excluir todo o tipo de açúcar. Isso porque açúcares e carboidratos aumentam a insulina, estimulam nosso organismo a acumular gordura e aumentam a nossa vontade de comer doces/carboidratos.

6. Planejamento é tudo para emagrecer

Se você não tem tempo de preparar seu almoço/jantar durante a semana, prepare marmitas ao final de semana para organizar a sua comida da semana! Não precisa ser nada complexo! Vegetais, proteínas e algum carboidrato de boa qualidade podem compor seu prato. Faça as porções e congele para não perder tempo depois. 

 

VEJA TAMBÉM  Crossfit: saiba o que é, onde treinar e como começar!

7. Volte para rotina o mais rápido possível quando “escorregar”

É muito comum as pessoas aproveitarem datas comemorativas, feriados ou eventos para sair da dieta e desencadear uma sequencia de “erros” alimentares. Isso por causa daquele pensamento : “já saí da dieta mesmo, então hoje vou continuar comendo besteiras até o final do dia”. Quando sairem da rotina alimentar, se voltarem o mais rápido possível com certeza o prejuízo será muito menor. Não coloque tudo a perder, o equilíbrio é a chave!

8. Durma bem, descanse

Ter uma noite de sono com boa quantidade de horas e um sono tranquilo é essencial para  produção de alguns hormônios e inclusive para o EMAGRECIMENTO! A quantidade de horas de sono pode ser individual, mas 7h é um tempo mínimo recomendado. Se você acorda disposto, consegue realizar tarefas diárias sem cansaço e não passa o dia sonolento é bem provável que sua noite de sono esteja adequada. Caso contrário, algumas medidas podem ser interessantes para melhorar o sono ou evitar a insônia. Não usar celular antes de dormir e evitar assistir TV. Diminuir estímulos luminosos a noite, não ir dormir tarde, evitar refeições pesadas e alimentos de alto índice glicêmico antes de deitar.

9. Varie seu cardápio diário

Quanto maior a variedade, mais nutrientes diferentes você vai consumir e maior é a chance de seu metabolismo funcionar de forma mais saudável. Além disso, sensibilidades alimentares podem ser evitadas ao variar o consumo dos alimentos diários.

10. Não tenha “dia do lixo”

Você pode colocar a perder uma semana inteira de dieta caso se exceda em um “dia do lixo’. Pode ser mais viável sair da rotina alimentar em alguma ocasião especial ou quando realmente você estiver em um local onde não tem nenhuma outra opção saudável. Evite sair da dieta a toa, espere para um momento especial.

11. Evite o excesso de sal e prefira temperos naturais 

Utilize temperos naturais como açafrão, cúrcuma, pimenta do reino, alecrim, orégano, tomilho, salsa, cebolinha, manjericão, etc. A cúrcuma e o açafrão são poderosos antioxidantes, adicione às preparações uma pitada de algum deles combinados com pimenta do reino.

12. Evite o excesso de carboidratos

Já sabemos hoje em dia que as pessoas tendem a consumir muito mais carboidratos do que precisam. As atividades diárias são leves e a maior parte da população trabalha sentada ou se movimentando pouco, por isso não é mais viável para o organismo o consumo excessivo de carboidratos como as pessoas costumam fazer. Restrições são sempre individuais mas você já pode começar evitando exagerar nesse sentido.

Sobre a autora: Camila Laranja é nutricionista funcional e atende na Vila Mariana, conheça um pouco mais sobre o trabalho dela e confira várias dicas aqui . Para maiores informações: camila_laranja@hotmail.com.

VEJA TAMBÉM  A importância da atividade física para a saúde física e mental

Gostou das dicas para emagrecer com saúde? Então nos siga nas redes sociais e fique sempre por dentro das novidades que compartilhamos! Estamos no Facebook e Instagram!

Com o Gympass, você faz spinning, crossfit, assessoria de corrida, natação, Muay Thai e diversas outras modalidades por uma única mensalidade. Quer saber mais? Clique aqui e escolha seu plano, ou consulte o RH de sua empresa, caso tenha o benefício do Gympass Corporate.