Uma dúvida muito comum de pessoas que gostam de atividade física, mas que não têm muito tempo disponível para se exercitar, é escolher entre pilates ou musculação como prática esportiva regular.

Apesar de ambas as modalidades compartilharem alguns benefícios mútuos, como fortalecimento e tonificação muscular, a seleção de qual das duas é a mais indicada para determinada pessoa dependerá do perfil e do objetivo de cada um.

Neste artigo, mostraremos quais as diferenças entre pilates e musculação e os benefícios das duas práticas esportivas. Acompanhe!

Pilates ou musculação, veja as diferenças

A principal diferença entre pilates e musculação é em relação aos grupos musculares utilizados em cada exercício. No pilates, os exercícios são globais, ou seja, envolvem o corpo inteiro, aumentando a flexibilidade, a resistência e a força. Por privilegiar a qualidade dos movimentos e não a quantidade, esse treino é indicado para pessoas que não querem músculos muito tonificados.

Já na musculação, cada grupo muscular é trabalhado isoladamente. Isso quer dizer que é possível exercitar determinado músculo em detrimento de outro. Por exemplo, o praticante escolhe apenas malhar os membros superiores enquanto membros inferiores não são ativados. Essa atividade física é mais procurada por aqueles que visam hipertrofia e definição.

Pilates ou musculaçãEscolher entre pilates ou musculação? Entenda os benefícios de cada uma!

Foto acima: A surfista e Gympasser Chloé Calmon praticando Pilates em uma academia associada.

As aparelhagens utilizadas também diferem nas duas modalidades. O pilates privilegia o uso de bolas de vários tamanhos, faixa elástica, equipamentos de madeira acolchoados com ganchos e molas e o peso do próprio corpo do praticante.

Já na musculação, são utilizados halteres, barras, aparelhos com cabos de aço para suportar peso, esteiras e bicicletas ergométricas.

Benefícios do pilates

Por trabalhar os músculos de forma integrada e de maneira suave, em que nenhum grupo muscular é sobrecarregado, o pilates é uma das atividades físicas que traz mais benefícios para o praticante, tais como:

  • aumento da flexibilidade;
  • correção de problemas posturais;
  • melhora da coordenação motora;
  • aumento da consciência corporal;
  • prevenção e recuperação de lesões;
  • alívio das dores musculares e das articulações;
  • fortalecimento dos músculos abdominais;
  • melhora da circulação sanguínea;
  • combate ao estresse;
  • diminuição da ansiedade;
  • aumento da autoestima.

Quem pode praticar pilates?

Uma percepção geral é que o pilates é voltado para o público feminino. Isso é um ledo engano. Devido à grande abrangência de movimentos e adaptações, que podem ser ajustados de acordo com o objetivo e a necessidade de cada indivíduo, a prática do pilates contempla homens, mulheres, gestantes ou não, jovens e idosos.

VEJA TAMBÉM  Abdominal: 9 exercícios para definir a barriga

Para todos os grupos, a frequência ideal é de 2 a 3 vezes por semana.

Pilates na terceira idade

Não é porque a pessoa envelheceu que ela deve parar de se exercitar. O pilates é uma excelente atividade física para os idosos terem saúde e qualidade de vida. A prática da modalidade para essa faixa etária é importante, pois:

  • melhora a postura;
  • melhora a mobilidade;
  • alivia dores;
  • melhora os reflexos;
  • melhora a flexibilidade das articulações;
  • aumenta a capacidade cardiorrespiratória;
  • aumenta a densidade óssea.

Pilates na gravidez

O pilates pode ser praticado durante a gravidez, desde que a gestante seja acompanhada por um instrutor treinado para tal situação. Alguns exercícios manterão o corpo da futura mãe forte e saudável e irão prepará-lo para o parto.

É importante que a individualidade de cada grávida seja respeitada, e que o treino seja adaptado para cada trimestre. Deve-se priorizar exercícios para o fortalecimento da musculatura pélvica, para as costas e o quadril. A atividade deve ser feita lentamente, com conforto e grau de dificuldade adequado.

Geralmente, o pilates pode ser praticado até o oitavo mês de gestação. Entretanto, o peso e o tamanho da barriga é que determinarão até quando a grávida continuará na atividade.

Pilates para homens

Homem fazendo pilates - Gympass

Foi-se o tempo em que o pilates era uma atividade física quase que exclusivamente feminina. Hoje em dia, é muito comum ver homens, de diferentes faixas etárias, praticando a modalidade.

O público masculino procura o pilates para fazer exercícios que estimulam os músculos de todo o corpo,em vez de um grupo muscular de cada vez como ocorre na musculação.

Com o fortalecimento muscular adquirido é possível prevenir lesões, corrigir a postura e melhorar o desempenho em outras atividades físicas, como a corrida.

Benefícios da musculação

A primeira imagem que vem à mente de muitas pessoas quando pensam em musculação é de homens e mulheres musculosos, levantando peso em uma academia, enquanto se olham no espelho. Essa percepção é equivocada.

A musculação vai muito além de pessoas exageradamente fortes e vaidosas. É uma atividade física que proporciona vários ganhos para o praticante. Veja alguns benefícios da musculação:

  • prevenção de osteoporose
  • prevenção de lesões;
  • diminuição da gordura corporal;
  • melhora do sistema cardiovascular;
  • melhora do sistema respiratório;
  • prevenção a hipertensão arterial e diabetes;
  • melhora do condicionamento físico;
  • tonificação muscular.

Quem pode praticar musculação?

Pilates ou Musculação - Mulher fazendo musculação

Com um devido acompanhamento e a correta orientação, a musculação pode ser praticada por pessoas de sexo e idades diferentes, já que a carga e a intensidade do treino são personalizadas. A prática também é liberada para mulheres grávidas.

VEJA TAMBÉM  7 motivos pelos quais você deveria fazer natação

A frequência dependerá do objetivo de cada um, podendo variar entre 2 e 6 dias na semana. Pessoas que procuram ganho de massa magra e aumento de volume dos músculos, geralmente, praticam musculação mais vezes na semana. Isso acontece porque para atingir hipertrofia é necessário um treino com menos repetições e com mais peso.

Além disso, por causa da quantidade de força exigida, o músculo trabalhado precisa descansar. Por esse motivo, esses praticantes treinam grupos musculares distintos em dias diferentes.

Independente se escolher Pilates ou Musculação, se o objetivo for uma queima calórica maior, o praticante precisa de um treino com mais repetições em ambas as modalidades.

Musculação na terceira idade

Assim como ocorre com o pilates, a musculação é uma maneira que os idosos têm de se manterem ativos. Por exemplo, alinhar exercícios de fortalecimento muscular com atividades aeróbicas ajuda na melhoria da saúde.

Fortalecimento de articulações, prevenção de osteoporose e diabetes e controle da pressão arterial são alguns dos benefícios gerados.

Musculação na gravidez

A mulher geralmente fica em dúvida se pode fazer pilates ou musculação durante a gravidez. A musculação é uma atividade física que fortalece a musculatura, aumenta a resistência, estimula a boa postura e auxilia no trabalho de parto.

No entanto, alguns cuidados devem ser tomados. As cargas, tanto dos aparelhos quanto dos pesos livres, têm que ser reduzidas. Já exercícios que exigem equilíbrio ou que comprimam o abdômen devem ser evitados.

Musculação na adolescência

Musculação ou Pilates - Homem malhando

Muito se discute se a musculação deve ser feita por adolescentes. Antigamente, os médicos eram contrários. Hoje, são favoráveis com algumas restrições. Como os adolescentes ainda estão em processo de desenvolvimento muscular, exercícios de ganho de massa devem ser evitados.

Com a supervisão de um profissional da academia, o treino deve ter como objetivo a melhoria do condicionamento cardiovascular e as habilidades motoras.

Seja qual for a sua escolha, pilates ou musculação, você pode encontrar o estúdio ou a academia mais próxima de sua casa com o Gympass e fazer as duas modalidades com a mesma mensalidade em mais de 14.000 academias diferentes.  Se a sua empresa possui o Gympass Corporativo como benefício, consulte o RH para fazer sua adesão.