Quando o assunto é saúde e qualidade de vida, não há dúvida quanto à importância da prática regular de atividades físicas. Exercitar o corpo traz inúmeros benefícios para a saúde corporal e mental, além de contribuir para fatores relacionados à estética.

Por esse motivo, as pessoas estão buscando cada vez mais por academias em que possam treinar o corpo de forma eficiente, segura e com o auxílio profissional.

Nessa busca, uma das modalidades mais comuns é a musculação que, além de ser saudável, promover o emagrecimento, o ganho de massa magra e melhorar a resistência do nosso organismo, é uma atividade que pode ser praticada por quase todas as pessoas saudáveis.

Acontece que, apesar de a musculação ser uma opção de atividade física excelente para o nosso corpo, o estilo dos exercícios e treinos não agrada a todos. Muitas pessoas consideram-na monótona, difícil ou, por qualquer outro motivo, não se adaptam ao estilo da modalidade e acabam por se sentirem desmotivadas, desistindo de realizá-la.

A verdade é que o fato de você não gostar ou não se adaptar aos treinos de musculação não é motivo para deixar de se exercitar.

Existem diversas outras opções de atividades físicas benéficas à saúde e, com tanta variedade, não é difícil encontrar alguma que se encaixe ao seu estilo, rotina e que seja prazerosa para você.

Muito mais importante do que optar uma modalidade específica, é encontrar aquela que você realmente consiga praticar, se sinta motivado a comparecer aos treinos e melhorar a cada dia.

Por isso, vamos te mostrar que é possível manter o corpo em movimento das mais variadas maneiras. Confira, no nosso post, 20 modalidades e mais opções de atividades físicas para quem não gosta de musculação.

1. Spinning

O spinning é uma forma de variar as pedaladas convencionais, trazendo as bicicletas para os ambientes das academias e trabalhando os componentes essenciais das atividades físicas: frequência cardíaca, velocidade, intensidade e motivação.

As bicicletas utilizadas são ergométricas e desenvolvidas para esta atividade e, com isso, permitem a simulação de diversos tipos de percursos, como subidas, descidas, planos etc. Cada aluno pode ajustar a carga dos pedais, controlando a intensidade dos treinos de acordo com a sua resistência.

O spinning é indicado para pessoas que buscam a redução do percentual de gordura. Isso porque é uma atividade aeróbica que promove o gasto um alto gasto calórico, podendo chegar a até 500 calorias por aula.

Além de ajudar no emagrecimento, o spinning traz benefícios ao sistema cardiorrespiratório, ajuda na tonificação muscular dos membros inferiores e promove a sensação de bem-estar.

2. Step

As aulas de step acontecem com o uso de um pequeno “degrau”. Os alunos sobem e descem esse degrau de acordo com a instrução do professor que monta coreografias compostas de movimentos funcionais, como agachamentos.

Por utilizar desses movimentos, o step é indicado para pessoas que desejam emagrecer, fortalecer as pernas, trabalhar a coordenação motora e melhorar a resistência dos sistemas cardiovasculares e respiratórios.

3. Jump

O jump é uma atividade que agrada a muitas pessoas por ser bastante dinâmica e desafiadora. As coreografias são realizadas em uma pequena cama elástica individual, na qual o aluno pula de forma ordenada e coreografada.

As vantagens dessa modalidade são diversas e incluem melhora do condicionamento físico, dos ossos, do equilíbrio e da coordenação motora. Além disso, promove a saúde do coração e dos pulmões, favorece o emagrecimento e a tonificação das pernas.

4. CrossFit

Uma das atividades mais famosas do momento, o CrossFit é um estilo de treinamento de força e condicionamento físico que se baseia em movimentos intensos. Os treinos exigem bastante do corpo e costumam utilizar técnicas de levantamento de peso, exercícios aeróbicos e, também, movimentos de ginástica olímpica.

Os exercícios trabalham o corpo de forma completa e os movimentos costumam englobar grandes grupos musculares, com isso, os alunos sentem uma grande evolução ao longo do tempo de prática.

A modalidade é indicada para as pessoas que desejam aumentar a força e a resistência, trabalhar os músculos e melhorar o condicionamento físico em geral. Apresenta ótimos resultados quanto à tonificação muscular de todo o corpo, ao emagrecimento e a melhora do metabolismo.

Também ajuda no combate ao estresse, no desenvolvimento de habilidades associadas ao equilíbrio, flexibilidade e concentração.

5. Treinos de corrida

A corrida é uma das atividades físicas mais praticadas do mundo e são vários os motivos para tamanha aceitação. Além de ser uma atividade que pode ser realizada em horários flexíveis, sem a necessidade de equipamentos especializados, e ao ar livre, é altamente benéfica para a obtenção de um corpo mais saudável, resistente e com uma melhor composição de tecidos — menor percentual de gordura.

Correr melhora os sistemas respiratório e cardiovascular, promove a sensação de bem-estar, libera hormônios relacionados ao prazer, fortalece os músculos das pernas, melhora o metabolismo aeróbico e estimula um alto gasto energético.

Outro ponto positivo dos treinos de corrida é a possibilidade de serem realizados de forma mais regular, padronizada e segura, com a utilização de esteiras profissionais que se encontram nas academias ou em pistas especializadas para corredores.

As pistas especializadas proporcionam uma corrida mais uniforme, livre de buracos e outros impasses que podem ser encontrados nas ruas.

As esteiras, por sua vez, apresentam todos esses benefícios e, ainda, permitem que o corredor regule a inclinação da base, modificando a intensidade dos treinos, além de serem mais confortáveis e facilitarem o amortecimento dos passos, diminuindo as tensões nas articulações.

6. Ballet fitness

O ballet fitness é uma modalidade que utiliza os movimentos clássicos do ballet e, também, os movimentos de condicionamento físico e trabalho muscular comuns nas academias funcionais, como abdominais e agachamentos.

Esta atividade física tem feito muito sucesso e não é difícil saber por que: o ballet fitness estimula o ganho de resistência, de força e de flexibilidade. Traz melhorias para postura e forma do corpo, ajuda no fortalecimento dos músculos e promove o emagrecimento.

Geralmente, os exercícios são feitos com o auxílio da barra típica do ballet ou no chão e, por mais que pareçam simples, estimulam um grande esforço corporal.

7. Zumba

Considerada como uma dança fitness, a zumba é uma atividade que mistura ritmos latinos a exercícios físicos, como agachamento, avanço, movimentos de braço etc. As aulas têm duração de aproximadamente 45 minutos e são muito divertidas.

As coreografias são ensinadas por um instrutor e todo o grupo dança junto, criando uma atmosfera amigável. Entre os estilos tocados no som estão o merengue, salsa, mambo e, até mesmo, funk.

A zumba é indicada para todas as pessoas, mas principalmente para aquelas que desejam emagrecer, pois as aulas favorecem um alto gasto calórico. Trabalha os músculos inferiores e fortalece o sistema cardiorrespiratório.

8. Circuito Funcional

O treino funcional é um grande aliado daqueles que pretendem trabalhar os músculos, mas consideram a musculação uma atividade monótona. Uma das suas principais características é a combinação de movimentos do dia a dia com o trabalho muscular.

Neste tipo de atividade, a rotina de treinos é bastante dinâmica por acontecer em forma de circuito: as séries são mais curtas, intensas e se repetem de forma alternada durante a mesma aula. Além disso, a utilização de equipamentos diversos faz com que os exercícios tenham diferentes dificuldades e variações.

Esses equipamentos podem ser cordas, pesos, anilhas, barras, bolas suíças, entre tantos outros. Muitos movimentos são feitos, também, com o próprio peso do corpo, como no caso dos agachamentos livres, corridas, abdominais etc.

Os circuitos são conhecidos pelo seu poder de tonificação muscular, melhora do metabolismo aeróbico e, também, por ajudar no ganho da consciência corporal, envolvendo força, equilíbrio e flexibilidade.

Também são boas opções para pessoas que não possuem muito tempo para academia, pois, em geral, as aulas são mais curtas, não passando de uma hora.

9. Muay Thai

O Muay Thai é uma arte marcial tailandesa conhecida por seus movimentos brutos como chutes, cotoveladas, socos e joelhadas. Mas, antes que você se assuste, é importante lembrar que, durante as aulas, esses movimentos são realizados com ajuda profissional e com um objetivo específico.

Entre os benefícios do Muay Thai, podemos citar a melhora do condicionamento físico, o fortalecimento muscular, aceleração do metabolismo, gasto calórico elevado, ganho de força física, equilíbrio, flexibilidade e, claro, benefícios para a mente.

Pode ser utilizado como alternativa para aqueles que desejam trabalhar as pernas, glúteos, coxas e, até mesmo, abdômen.

10. Boxe

As aulas de boxe trabalham, primordialmente, os braços, ombros, costas e abdômen, mas também são benéficas para as outras partes do corpo, uma vez que exigem movimentos constantes e intensos.

Muito mais do que dar socos e chutes, os alunos também realizam exercícios que melhoram o condicionamento físico em geral como corridas, abdominais e pulos de corda. A prática exige muito fôlego, agilidade e reflexo e, por isso, a evolução de cada aluno é individual, gradual e contínua.

Além de ser um esporte altamente benéfico para a saúde, o boxe costuma agradar muitas pessoas. Por isso, independentemente do seu gênero e idade, se você tiver curiosidade a respeito dessa modalidade, vale a pena fazer uma aula experimental sem medo de ser uma atividade exclusiva para homens mais fortes.

11. Judô

O judô, por ser uma arte marcial menos agressiva, é indicado para quem deseja começar este tipo de atividade, mas não tem muita experiência ou não gosta de exercícios físicos muito brutos.

A atividade utiliza de técnicas corporais que envolvem o controle do próprio corpo, mas também do corpo do adversário. Uma das diferenças do judô é que o aluno aprende, desde o começo, a cair sem se machucar, já que muitos dos movimentos são realizados com golpes que levam os praticantes ao chão.

Outra grande vantagem da modalidade é o ganho em saúde mental, já que as artes marciais, em geral, trabalham o poder de disciplina, o equilíbrio e o controle das emoções.

12. Pilates

Muito indicado para aqueles que desejam ganho de condicionamento físico, o Pilates é uma modalidade que promove a consciência corporal para que as pessoas possam utilizar o corpo de maneira mais funcional.

O método utilizado durante as aulas visa o equilíbrio entre o corpo e a mente e, por meio deste equilíbrio, trazer benefícios para a saúde como um todo. Os movimentos trabalham a musculatura, a postura, previnem lesões, ajudam no tratamento e alívio de dores promovendo uma sensação de bem-estar.

O Pilates pode ser praticado por quase todas as pessoas, independentemente de tamanho, peso, sexo e idade. Cada pessoa será atendida de forma individual e as limitações e necessidades do seu corpo serão levadas em consideração na escolha dos melhores movimentos para você.

13. Yoga

Você sabia que termo yoga deriva da palavra “yuj”, que significa “unir ou integrar”? Isso porque busca a harmonização, união, do corpo e da mente por meio de técnicas que envolvem respiração, controle do corpo e meditação. Essa união tem como consequência a sensação de bem-estar e equilíbrio.

O Yoga reúne movimentos que fazem parte da vida do ser humano e, por isso, pode ser praticado por todas as pessoas. A prática tem forte influência da filosofia budista e dos princípios do hinduísmo, devido à sua origem Indiana.

Acredita-se que o equilíbrio da mente pode ser encontrado por meio do controle do corpo e que, embora esse seja um objetivo comum aos praticantes, a forma de encontrar esse equilíbrio varia de pessoa para pessoa.

Sendo assim, existem 6 linhas de Yoga dentro dos princípios hinduístas: Bhakti Yoga, Jñana Yoga, Karma Yoga, Raja Yoga, Raja Vidya, Yoga, Hatha Yoga. Cada linha tem ênfase em diferentes forças e busca o equilíbrio de diferentes maneiras.

A linha Hatha, por exemplo, busca desenvolver o potencial do corpo para atingir a iluminação e, dentro dessa linha, existem diversas vertentes que utilizam de técnicas para o controle do corpo e da mente, técnicas que envolvem a natureza, focadas em postura e alinhamento corporal, entre outras.

14. Natação

A natação é uma das modalidades aquáticas mais conhecidas do mundo. O esporte conquista atletas de todas as idades e é um dos mais disputados dos jogos olímpicos. Pode ser praticada por todas as pessoas, inclusive por amadores que não desejam competir.

É uma das melhores opções para pessoas que sofrem com problemas respiratórios, como a asma. Isso porque a atividade exige um grande trabalho dos pulmões, melhorando a capacidade do sistema respiratório devido à pressão da água e à umidade que ajuda a evitar o ressecamento das vias aéreas.

Além disso, é considerada uma das atividades físicas mais completas do mundo, pois trabalha todos os grupos musculares de forma intensa, sendo indicada para ganho de força, resistência e emagrecimento.

15. Hidroginástica

A hidroginástica é uma modalidade que permite o trabalho muscular para pessoas com baixo nível de condicionamento físico. As aulas podem ser realizadas por pessoas de todas as idades e são, geralmente, muito frequentadas por quem já está na terceira idade.

Os movimentos são simples e benéficos para o sistema cardiovascular, para a coordenação, equilíbrio, além de aliviarem o estresse.

A hidroginástica é uma ótima opção para pessoas com problemas nas articulações — claro, com a devida recomendação e liberação profissional. Isso porque a água reduz o impacto dos movimentos, reduzindo o desgaste nos joelhos e ombros.

16. Spinning aquático

Assim como no spinning convencional, a versão aquática envolve pedaladas em bicicletas especializadas, mas, dessa vez, as bikes ficam dentro da piscina. A atividade é bem intensa e pode gastar até 500 calorias por aula, sendo indicado para quem deseja emagrecer.

O maior objetivo é o trabalho da resistência e força corporal. Diferentemente do spinning realizado fora das piscinas, a modalidade aquática, além de focar nas pernas, glúteos e abdômen, também permite o trabalho dos membros superiores com movimentos de braços que podem ser circulares, batidas na água etc.

17. Hidro jump

O hidro jump, assim como o spinning jump, é a versão aquática da atividade convencional realizada nas academias. Nessa modalidade, os alunos pulam em camas elásticas próprias para a água e, assim como nas aulas fora da piscina, os movimentos são coordenados e gastam muitas calorias.

O exercício promove o fortalecimento muscular, favorece a circulação sanguínea, melhora as articulações e provoca o estímulo ósseo. E, assim como outras atividades, traz benefícios para a saúde mental, diminuindo o estresse, as dores de cabeça e proporcionando o bem-estar.

18. Circo

Poucas pessoas sabem, mas praticar as atividades circenses não é exclusividade para aqueles que trabalham no circo. Atualmente, é possível utilizar o circo como modalidade física para a melhoria do corpo.

As aulas são uma maneira divertida de treinar os músculos, a força, o equilíbrio e a flexibilidade. A sala em que a atividade é praticada conta com os elementos presentes no picadeiro, como cordas, barras elevadas e camas elásticas.

Apesar da diversão das aulas, os exercícios físicos exigem preparo e condicionamento, pois a execução dos mesmos não é tão simples. Por isso, os movimentos são ensinados de forma gradual até que o aluno esteja pronto para as modalidades mais complicadas.

De forma geral, pode ser praticado por todas as pessoas saudáveis, não sendo indicado para quem está com problemas na coluna ou hérnias. É importante lembrar que toda atividade física só deve ser praticada mediante liberação profissional.

19. Por que investir em alguma dessas modalidades?

Agora que você já sabe que existem diversas modalidades de atividades físicas e que os treinos de musculação não são a única opção para quem deseja uma vida mais saudável, é importante lembrar que investir nos exercícios vai muito além dos fatores estéticos e que sair do sedentarismo é essencial para uma vida equilibrada.

E se, mesmo diante de tantas opções, você não se convenceu a começar um treinamento físico, confira os benefícios que essa atitude trará para a sua vida:

  • promove o fortalecimento muscular;
  • ajuda na percepção da autoimagem corporal;
  • contribui para o fortalecimento da estrutura óssea;
  • traz melhorias para as articulações;
  • melhora a flexibilidade;
  • previne doenças inflamatórias;
  • auxilia na correção da postura;
  • promove a regularização do peso;
  • previne doenças cardíacas;
  • melhora a taxa da pressão arterial;
  • libera hormônios relacionados ao bem-estar;
  • libera hormônios que dão a sensação de prazer;
  • melhora os sistemas corporais, como o respiratório.

20. Como escolher entre tantas opções?

Com tantos benefícios e opções, fica fácil tomar a decisão de começar a se exercitar de forma regular e com acompanhamento profissional, não é mesmo? Mas como escolher entre tantas opções?

Para começar a se decidir, pense nas suas necessidades e limitações: quais aspectos da sua saúde e corpo você precisa ou deseja melhorar e, também, se você possui algum problema de saúde, como cardíacos ou até mesmo limitações com relação às articulações.

Definidos os objetivos e tendo em mente as opções que são compatíveis com as suas necessidades e individualidades, é hora de levar em consideração o quanto uma determinada atividade te agrada e faz bem.

Sim, os treinos de musculação são extremamente eficientes e indicados para os mais diversos objetivos, mas não adianta você se matricular se sentir motivado e faltar grande parte dos treinos.

O ideal é achar a atividade que te dê prazer, que combine com o seu estilo, seus horários e que te faça ter vontade de praticar e melhorar a cada dia.

Não se prenda ao que dizem ser melhor ou pior, todas as atividades físicas possuem suas vantagens e se você praticar aquela que mais gosta e se alimentar de forma saudável, com certeza perceberá os benefícios na sua saúde.

Como mostramos, existem opções aeróbicas, anaeróbicas, dentro de salas de aula, dentro de piscinas, mais dinâmicas ou mais monótonas e até mesmo aquelas que podem ser praticadas ao ar livre.

Opção é o que não falta. Considere todos os fatores que mais te agradam e que atendam aos seus objetivos e comece a desfrutar dos benefícios de um corpo mais ativo, mais forte e mais resistente.

E aí, gostou do nosso post de hoje? Se você se interessa por assuntos relacionados a esportes, treinos e saúde, não deixe de assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de todas as novidades que compartilhamos aqui no nosso blog!

Com o Gympass, você faz spinning, crossfit, assessoria de corrida, natação, Muay Thai e diversas outras modalidades por uma única mensalidade. Quer saber mais? Clique aqui e escolha seu plano, ou consulte o RH de sua empresa, caso tenha o benefício do Gympass Corporate.