Sabia que usar a vestimenta adequada para cada tipo de atividade física tem influência direta no rendimento do treino? Mais do que uma questão de beleza e conforto, um traje inapropriado pode machucar a pele e, até mesmo, colocá-lo em risco — já pensou se, ao sentir calor, você amarra a camiseta na cintura e ela enrosca na pedaleira da bike? Por isso, é importante pesquisar e prestar atenção antes de escolher uma roupa para academia.

Para ajudar, acompanhe este post e conheça os tipos de vestuários apropriados para algumas das modalidades mais comuns!

Como se vestir para diferentes modalidades?

Se você está iniciando em uma determinada prática, vale a pena perguntar para o professor ou para algum colega mais experiente quais peças eles indicam como essenciais.

Aos poucos, você perceberá qual tipo de vestimenta melhor se encaixa às suas necessidades e ao seu gosto pessoal. Por enquanto, confira alguns itens considerados básicos para diferentes modalidades:

Roupas para musculação

Para homens praticantes de musculação, calças e bermudas de tactel são imbatíveis; para mulheres, leggings, shorts, shorts-saias ou macacões de lycra, sempre acompanhados de tops no mesmo material.

Para completar, ambos precisam de uma camiseta sequinha (que fique próxima ao corpo), para não enroscar e atrapalhar a execução dos movimentos.

Além disso, luvas de neoprene, para evitar a formação de calos, e tênis para ginástica são essenciais.

Roupas para crossfit

Parecidas com as roupas da musculação e das aulas de ginástica em geral, as roupas para crossfit contam com algumas diferenças tecnológicas, por conta das atividades realizadas ao ar livre.

Apesar de a modelagem ser a mesma, escolha tecidos com proteção contra os raios ultravioleta (inclusive bonés ou viseiras) e, para os dias mais frios, opte por jaquetas leves tipo corta-vento e impermeáveis.

Roupas para Yoga e pilates

Para se mover livremente e não atrapalhar a execução das posturas, as roupas para Yoga devem ser leves, soltinhas, transpiráveis e, principalmente, confortáveis. Se não quiser ficar descalço, use meias antiderrapantes.

Já as roupas para pilates precisam ser justas e confortáveis, ideais para fazer os movimentos sem enroscar nos aparelhos. Um macacão de lycra pode substituir a dupla legging e top.

VEJA TAMBÉM  Crossfit: saiba o que é, onde treinar e como começar!

Roupas para pole dance

Ainda que alguns hematomas na barriga e pernas sejam inevitáveis por conta do atrito, o ideal é usar shorts justos e tops curtos para aumentar a aderência da pele à barra, dando mais segurança aos movimentos do pole dance.

Roupas para corrida

Roupas de corrida para academia

O uso de leggings ou bermudas de compressão é fundamental para evitar que as coxas assem ao se tocarem durante a corrida. Homens que se sentirem desconfortáveis podem usar uma bermuda soltinha por cima.

Para mulheres, tops em estilo nadador ou cruzados nas costas oferecem boa sustentação aos seios em momentos de maior impacto.

Na hora de escolher a camiseta ou regata, opte por aquelas do tipo dry fit — com tecidos capazes de resfriar o corpo, melhorar a ventilação e absorver o suor sem pesar. O mercado também oferece modelos com ação antifúngica, que evitam o mau cheiro.

Já o uso do tênis correto previne uma série de lesões. Por isso, busque por modelos de tênis com sistemas de amortecimento e protetores de articulação.

Roupas para spinning

São bem parecidas com as roupas indicadas para a prática de corrida e outras atividades aeróbicas.

No spinning, a diferença está no uso de bermudas de compressão com forros em gel (para melhorar o conforto no selim) e de sapatilhas para ciclismo para firmar os pés durante as pedaladas mais intensas. Já as luvas podem ser abertas ou fechadas.

Roupas para boxe e muay thai

Para aulas de boxe, use blusas e tops justos para não enroscar, shorts largos a fim de permitir a amplitude dos movimentos com as pernas, assim como tênis de cano alto para proteger os tornozelos, dar aderência e estabilidade.

O uso de luvas próprias para a modalidade, com estofamento mais espesso para resistir ao impacto dos sacos, bem como de wraps (bandagens para as mãos), também é indispensável.

Roupas para lutas, boxe e muay thai

Para a prática de muay thai, a roupa se assemelha à do boxe, mas não há uso de tênis, e sim de caneleiras.

Já as luvas precisam ser mais flexíveis para conseguir usar as mãos no clinch (ao agarrar o oponente e desferir joelhadas) e sempre acompanhadas de ataduras.

VEJA TAMBÉM  Boxe: dê um golpe certeiro na falta de ânimo!

O uso de protetores bucais e genitais (para os homens) ou de seios (para as mulheres), em ambas as modalidades, também é importante.

Como acertar na escolha da roupa para academia?

Ainda que no dia a dia existam ocasiões que justifiquem o uso de uma vestimenta, digamos, desconfortável (como uma reunião de trabalho ou um evento social formal), durante a prática de atividades físicas isso não é possível.

Mais do que ser bonita ou ter custado uma pechincha, a roupa para academia deve ser funcional e do tamanho correto.

Além disso, invista em dois itens que fazem toda a diferença na hora de chegar e sair da academia:

Também é importante ter dois ou mais pares de tênis para alterná-los e evitar o chamado overuse (uso excessivo), comprometendo a eficácia dos sistemas de amortecimento, e vários pares de meias de algodão (para evitar bolhas e mau cheiro).

O que evitar em uma roupa para academia?

Mochila com roupas para musculação

Primeiramente, as peças bonitinhas, mas ordinárias, ou seja, aquelas que dão transparência, marcam a virilha, pinicam, têm zíperes ou penduricalhos de metais, entre outras.

Mesmo que tenha sido idealizada como uma roupa para academia, evite peças apertadas, que prendem a circulação, e muito largas, que enroscam nos aparelhos.

Além disso, esqueça a tática de usar vestes muito quentes no intuito de perder peso, que só ajudam a eliminar água e sais minerais e podem levar à desidratação e até provocar desmaios. Há maneiras corretas de acelerar o metabolismo.

Com tantas funcionalidades, ninguém pode dizer que moda fitness é algo fútil. Afinal, ter um guarda-roupa apropriado para os exercícios ajuda a evitar lesões e colabora, até mesmo, para a manutenção da rotina de treinos, pois você escolhe o que vestir rapidamente e não dá chance para a preguiça bater! Por isso, pode investir na roupa para academia sem peso na consciência!

Se você gostou deste conteúdo e deseja ter acesso a outras dicas e se preparar para o projeto verão, aproveite e baixe gratuitamente o nosso e-book!