Já se perguntou por que as pessoas respondem de maneira diferente aos exercícios na academia? A resposta para essa pergunta está no fato de que cada corpo é único e apresenta reações distintas aos estímulos da academia, bem como tem outras particularidades, como a velocidade do metabolismo, a estrutura óssea e a predisposição para acumular gordura.

Por isso, para ter bons resultados estéticos e alcançar os objetivos esperados com os exercícios é preciso saber quais são os tipos de treinos adequados à sua classe corporal. Os três tipos de corpos são: ectomorfo, mesomorfo e endomorfo.

Quer saber mais sobre cada um deles, quais são as suas semelhanças e qual é o tipo de treinamento para obter os melhores resultados? Então, continue lendo e confira!

Ectomorfo

Características

As pessoas desse grupo são as chamadas “magras de ruim”. Brincadeiras à parte, o corpo de um indivíduo ectomorfo é geralmente magro, com braços e pernas compridos, porém finos, com músculos fibrosos e ombros estreitos

Têm ainda como características marcantes pouca gordura corporal, ossos bastante densos, peitoral plano (sem volume), dificuldade para ganhar peso e metabolismo bem acelerado. Além disso, seus ossos se sobressaem em relação aos músculos e a gordura, o que faz com que, mesmo em períodos sem atividade física, não percam definição.

Tipos de treinos para essa classe corporal

Graças ao metabolismo acelerado, os indivíduos ectomorfos, na maioria das vezes, têm dificuldade em ganhar peso, principalmente massa muscular, pois queimam calorias rapidamente. Por esse motivo, para dar conta de suprir as necessidades básicas do organismo e conseguir adquirir alguns quilos, essas pessoas têm a necessidade de aderir a uma dieta hipercalórica, ou seja, com uma alta ingestão de calorias oriundas de uma alimentação de qualidade, aliada a treinos de hipertrofia.

Tipos de treinos para a classe corporal ectomorfo

A musculação para as pessoas com esse tipo de corpo deve ser composta por treinos intensos e de menor duração e, principalmente, focados nos grupos musculares maiores. O ideal é se dedicar aos exercícios com cargas mais elevadas para aumentar o tamanho e a definição dos músculos.

Vale destacar que os exercícios aeróbicos devem estar presentes minimamente nos treinos dos ectomorfos , pois, devido à queima calórica, podem acelerar o processo de emagrecimento. Por isso, opte por fazer, no máximo, três vezes por semana e em curtos períodos de duração.

VEJA TAMBÉM  Projeto fitness: 10 tendências que você deve e 2 que não deve seguir

Para manter os ganhos musculares e evitar o catabolismo, é muito importante se alimentar antes de dormir e fazer, pelo menos, seis refeições ao longo do dia, ricas em proteínas, carboidratos de baixo índice glicêmico e fibras.

Mesomorfo

Características

As pessoas que têm corpo mesomorfo são as popularmente consideradas portadoras de uma “genética boa”. Isso porque normalmente têm uma estrutura óssea maior, com tipo atlético. Naturalmente fortes, os indivíduos com esse padrão corporal são ideais para a prática do fisiculturismo, já que ganham massa muscular com facilidade.

As principais características são: cabeça maior, ombros largos, cintura fina, porte atlético, músculos mais definidos, facilidade para a hipertrofia e também para ganhar gordura, além de um formato corporal retangular.

Tipos de treinos para o Mesomorfo

Quem se encaixa nesse padrão responde bem aos exercícios realizados com peso. As mudanças nos corpos mesomorfos são rápidas e bastante evidentes, principalmente quando iniciam ou mudam a periodização dos treinos. Por outro lado, têm a desvantagem de ganhar gordura com facilidade, o que torna necessária uma atenção maior à ingestão de calorias.

Devido a essas condições é recomendado que o indivíduo ectomorfo concilie treinos de musculação e exercícios cardiovasculares ao longo da semana. Assim, haverá a queima de gordura, a hipertrofia e uma melhora no condicionamento geral.

Endomorfos

Características

As pessoas que têm o corpo do tipo endomorfo são aquelas com facilidade em ganhar gordura. As principais caraterísticas nessa padronagem são: corpo mais arredondado, físico grande, braços mais curtos e pernas largas. Por terem músculos fortes e potentes, especialmente nas pernas, esses indivíduos têm grande potencial para serem esportistas.

Os endomorfos têm metabolismo lento, facilidade em ganhar músculos e grande dificuldade para emagrecer. Quando a pessoa deseja adquirir massa magra e perder gordura, a dieta deve ser hipocalórica, com foco no consumo de proteínas.

Tipos de treino mais indicados

Aeróbico é um dos tipos de treinos mais indicados para endomorfos

Devido à grande dificuldade para perder peso, os treinos das pessoas com o corpo endomorfo devem ser focados em exercícios de alta intensidade, aeróbicos e com uso de cargas moderadas para o fortalecimento muscular, porém com um alto número de repetições para estimular a queima de gordura. Para melhores resultados, é recomendado aliar treinos com peso e atividades como bicicleta ou corrida, por exemplo.

VEJA TAMBÉM  Conheça 6 das melhores atividades físicas ao ar livre

Semelhanças entres os tipos físicos

Como vimos, os tipos físicos têm algumas semelhanças entre si, e dificilmente uma pessoa apresenta apenas uma padronagem. O que ocorre é que muitas vezes, temos tipos de corpos combinados.

Por exemplo, pessoas com peso dentro do considerado normal podem apresentar diferentes combinações. Os endo-mesomorfos têm tendência a serem maiores, porém com um porte atlético, e ganham massa muscular com agilidade, ao mesmo tempo em que têm facilidade em ganhar gordura.

Por isso, o recomendado são treinos de intensidade elevada, que testem também a agilidade em séries grandes e descendentes. Apenas é preciso ter cuidado para não exagerar, pois pode-se acumular glicogênio das células, que se converte em gordura posteriormente.

Já os ecto-mesomorfos, apesar da dificuldade em ganhar músculos, têm a facilidade em se manterem mais magros, com o corpo definido. O ideal, aqui, é ter um treino bastante intenso e não deixar o repouso de lado a fim de que haja tempo para as células se recuperam e não utilizarem como energia o próprio tecido muscular.

Semelhança entre os tipos físicos para atividades físicas

Agora que você leu todas essas informações com as características de cada padrão corporal, consegue identificar o seu? Reconhecer qual é o seu tipo de corpo é muito importante para acertar nas estratégias alimentares e nos tipos de treino adequados para o seu perfil.

No entanto, lembre-se de não iniciar dietas sem o acompanhamento de um nutricionista e também nunca inicie uma série de exercícios sem o auxílio de um profissional de educação física. Só ele é capaz de entender corretamente o seu tipo de corpo, perceber suas limitações e definir as melhores estratégias com você.

E aí, gostou deste conteúdo com os tipos de treinos mais recomendados para cada corpo? Que tal conhecer mais sobre os tipos de esporte que combinam com o seu perfil? Baixe o nosso e-book sobre o assunto e descubra!