Manter um estilo de vida saudável tem sido uma preocupação para boa parte da população. Apesar disso, as pessoas nem sempre se informam para conseguir alinhar suas práticas aos seus objetivos. Você sabe o que é fitness e wellness, por exemplo?

Entender a diferença entre esses dois termos é fundamental para fazer as melhores escolhas ligadas ao bem-estar e ao corpo. Afinal de contas, nada melhor do que atingir os resultados esperados, não é mesmo?

Pensando nisso, elaboramos este texto para tratar das diferenças entre esses dois conceitos. Leia até o fim para entender mais sobre o assunto!

Quais são as diferenças básicas entre fitness e wellness?

Fitness e wellness: entenda a diferença

O fitness é um estilo de vida que está ligado à aptidão física, ou seja, à sua capacidade de realizar determinada atividade física levando em consideração fatores como resistência, força, condicionamento, flexibilidade e afins. O wellness, por sua vez, está associado ao bem-estar. Dessa forma, o exercício deve ser capaz de promover benefícios não só para o corpo, mas também para a mente e todo o funcionamento do organismo.

O que caracteriza o fitness?

Normalmente, as pessoas que vivem o fitness buscam trabalhar suas competências físicas para que o seu desempenho seja cada vez melhor naquilo que fazem. Por exemplo, elas não correm simplesmente pela saúde e para manter o corpo em movimento, mas porque querem ser verdadeiras corredoras, potencializando seu progresso ao longo do tempo.

A origem do termo, aliás, está ligada à expressão “physical fitness”, que significa, em tradução livre do idioma inglês, “aptidão física”. Portanto, esse estilo se caracteriza pela ênfase no condicionamento físico dos indivíduos.

Além disso, existe uma preocupação estética atrelada à prática de exercícios físicos e à alimentação. O desempenho deve ser constantemente aprimorado à medida que aproxima o corpo dos padrões de beleza ou das expectativas que a própria pessoa tem.

De modo paralelo, a dieta carece de rigidez e deve fornecer os nutrientes que o corpo precisa para aumentar a porcentagem de massa magra e eliminar a gordura localizada, por exemplo.

Ele ainda se associa à popularização das academias e ao fisiculturismo, porque muitas pessoas adotaram a dieta e a rotina de treinos dos fisiculturistas como uma forma de se condicionar e “construir” seus corpos.

Quais são as características do wellness?

No estilo wellness, a ideia principal não é conquistar um corpo ideal ou ter uma vida pautada pela combinação entre treinos e dieta.

Nesse contexto, outros fatores também são relevantes: o ambiente em que se vive, a interação social, a harmonia inserida no cotidiano etc. Esses pontos — que conectam o corpo à mente — interferem diretamente na escolha das práticas e nos hábitos dos adeptos.

Geralmente, quem adere ao wellness o faz com o objetivo de acabar com o estresse gerado pela rotina de obrigações no trabalho, com as contas a pagar e assim por diante.

Embora tenha um nome menos conhecido que o fitness, essa vertente tem sido mais popular do que parece. Com o crescimento da consciência de que praticar uma atividade física regularmente é fundamental para a saúde, muitas pessoas estão buscando melhorar sua disposição mental e física. Vale frisar que as metas independem dos resultados propriamente estéticos ou da preocupação em aprimorar suas capacidades físicas.

Como descobrir qual é o estilo mais adequado para mim?

Antes de adotar um estilo de vida mais saudável, é comum fazer um questionamento a respeito de quais objetivos são pretendidos. Na maioria dos casos, as pessoas desejam emagrecer, desenvolver seus músculos ou ter mais energia ao longo dos dias.

VEJA TAMBÉM  7 receitas Low Carb para o café da manhã

Todos os objetivos podem ser alcançados tanto por quem é fitness quanto pelos adeptos do wellness. A questão é que alguns deles são atingidos de forma mais fácil por quem se compromete com uma dieta mais rígida, por exemplo. Outros, em contrapartida, dependem exclusivamente de fatores genéticos e da forma como a pessoa leva a vida em outros aspectos.

Para simplificar, pense: você é um competidor nato que deseja ser o melhor naquilo que faz ou apenas quer levar um estilo de vida mais saudável e tranquilo? Isso pode ajudá-lo a saber em qual estilo você se encaixa melhor.

Quais atividades físicas são mais indicadas para cada caso?

Depois de entender melhor com qual estilo você se identifica mais, é importante conhecer quais são os exercícios que mais combinam com ele. Também vale saber quais cuidados devem ser tomados para alcançar seus objetivos.

Lembre-se de que o autoconhecimento é capaz de fazer toda a diferença para que você se mantenha motivado com a prática de exercícios físicos. Não se esqueça de que a regularidade dos movimentos com o corpo faz bem para a saúde de forma geral — independentemente do seu lifestyle.

Quando você não encontra o grupo e o ambiente mais adequados, as chances de abandonar os treinos se tornam muito maiores. Geralmente, é isso o que acontece quando uma pessoa mais voltada ao wellness se inscreve em uma academia totalmente ligada ao mundo fitness. No entanto, nem tudo se resume a escolher a melhor academia.

Aqueles que desejam levar seu desempenho ao extremo também precisam encontrar o caminho ideal para essa finalidade. Afinal, é importante contar com apoio e orientação durante a prática para evitar lesões e não se machucar. Então, separamos algumas dicas para que você possa se encontrar em alguma das duas direções.

Fitness

Fitness e wellness: entenda a diferença

Para ganhar massa muscular e aumentar ao máximo sua capacidade física você deve escolher um tipo de treino mais intenso. É preciso que ele exija um pouco mais do seu corpo e faça com que o seu rendimento melhore a cada dia.

Nesse sentido, a orientação de um profissional especializado no assunto é crucial a fim de que o esforço não seja prejudicial para o seu corpo. Ter cautela é imprescindível para evitar lesões musculares, ortopédicas ou qualquer outra complicação.

Veja, a seguir, algumas das modalidades mais comuns no mundo fitness:

Wellness

No wellness, como mencionamos, a busca por prazer e bem-estar tende a ser mais importante do que a performance. Isso não impede que você também queira alcançar resultados como perder gordura, tonificar os músculos ou mesmo manter o equilíbrio do seu peso corporal.

Contudo, essas são consequências naturais e positivas — não são as razões pelas quais você pratica determinadas atividades. É bastante diferente de quando o seu foco está na parte física. Por isso, é comum que as pessoas que acreditam no wellness procurem modalidades mais leves, como:

Por fim, é oportuno ressaltar que essa divisão não é fixa. Ou seja, uma pessoa fitness pode fazer yoga, enquanto alguém que tenha o wellness como referência também pode praticar luta. Tudo depende do objetivo de cada um — a yoga não é a atividade mais recomendada para quem quer ganhar muita massa muscular, por exemplo.

VEJA TAMBÉM  7 motivos pelos quais você deveria fazer natação

Fitness e wellness: entenda a diferença

Foto da Gympasser Nina Anhaia – @ninaanhaia

Como fitness e wellness lidam com a alimentação?

Tipicamente, os adeptos do wellness não são fãs das dietas restritivas, mas isso varia bastante de pessoa para pessoa. De qualquer forma, eles certamente se preocupam com a alimentação e evitam o excesso de sal, açúcares e gordura.

Em grandes quantidades, esses componentes nos atrapalham a sentir aquela energia para encarar as obrigações com disposição.

Por outro lado, no fitness, a alimentação é pensada para ajudar as pessoas em seus objetivos físicos. Um atleta, por exemplo, deve calcular de maneira mais precisa quais nutrientes ingerir antes e depois do treino.

Além disso, há uma preocupação em acelerar o metabolismo. A ideia é fazer com que o corpo trabalhe mais rápido para ganhar massa magra e reduzir o percentual de gordura.

Ainda assim, em ambos os casos, é indicado contar com as recomendações de um profissional da área de nutrição. Somente um especialista pode indicar de maneira precisa quais refeições fazer conforme as suas expectativas.

É possível ser as duas coisas ao mesmo tempo?

Quando obtemos uma visão mais ampla dos conceitos de fitness e wellness, é possível compreender que um estilo pode existir ao mesmo tempo que o outro. Talvez isso não seja tão recorrente entre a maioria das pessoas, mas não quer dizer que é impossível.

Aliar as duas coisas envolve encontrar prazer no universo fitness. Afinal, a prática do exercício físico libera hormônios que garantem a sensação de bem-estar. Portanto, ainda que você não tenha chegado a essa fase, insista mais um pouco até fazer disso um hábito saudável e prazeroso. Dessa forma, você encontrará o wellness e se sentirá bem mesmo nas práticas mais intensas.

Pense em uma pessoa que acorda cedo para correr todos os dias e trabalha os seus limites para melhorar a sua performance. Se ela faz isso feliz e considera esse momento uma parte essencial do seu dia, possivelmente ela encontrou um equilíbrio entre os dois mundos — é possível ter momentos de fitness e de wellness. Basta intercalar treinos mais intensos e outros mais leves durante a rotina.

Outro detalhe que não pode ser esquecido por aqueles que têm o desejo de conciliar as duas vertentes é lembra que o wellness não compreende apenas a atividade física. A ideia é promover a qualidade de vida e o bem-estar como um todo, mantendo não só uma rotina de exercícios como uma alimentação equilibrada, eliminando maus hábitos (como o excesso de álcool, cigarro e outras drogas), cuidando da mente, entre outros.

Enfim, o mais importante é fazer com que a saúde seja sempre uma prioridade, à parte do estilo de vida ou do tipo de exercício que você escolher. Se for para ser fitness ou wellness, que seja com saúde, concorda?

E aí, gostou de saber mais sobre as diferenças entre eles? Então, aproveite para deixar um comentário logo abaixo e nos conte quais são suas atividades favoritas!